Jornal Gazeta Parintins

Menu

Feirantes permanecem na Praça dos Bois, assegura secretário da Sempa

Boatos de que teriam que desocupar o local em 15 dias deixou os feirantes preocupados

postado em 10/06/2018
Feirantes permanecem na Praça dos Bois, assegura secretário da Sempa
Feirantes mudaram para a área central da cidade no ano passado e com as especulações ficaram sem saber para onde iriam. Foto: Denilson Noronha

 

Da redação

Denilson Noronha

 

A circulação de boatos de que feirantes alocados em uma área da Praça dos Bois, lado do boi Garantido, teriam que deixar o local em quinze dias, deixou muitos trabalhadores que atuam na feira preocupados. Os feirantes mudaram para a área central da cidade no ano passado e com as especulações que surgiram ficaram sem saber para onde iriam. No entanto, na manhã de sexta-feira, (08) o Secretário Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, (Sempa), Edy Albuquerque, assegurou que os trabalhadores continuam no local.

 

 

Albuquerque informou que o propósito de implantar a Feira de empreendedor rural familiar em Parceria com a Agência de Desenvolvimento Social (ADS) do governo do estado foi para abrir o mercado para o produtor rural. “Essa semana que vai entrar vamos ter uma definição quanto ao espaço, segundo informações que tivemos com o prefeito, vamos calçar ou então colocar um tablado nessa área do gramado onde estava anteriormente a feira. Esse espaço onde está atualmente é área de circulação do boi Garantido, então, a mudança que ocorrerá é mais por conta do espaço que o Garantido precisa. Não existe nenhuma determinação da prefeitura em retirá-los daqui, pelo contrário, queremos adequar o espaço para que tenham condições de aumentar suas rendas”, garantiu o secretário.

 

 

Espaço

 

 

De acordo com Edy a preocupação em situar a feira na Praça dos Bois foi de criar um espaço onde o produtor pudesse comercializar a produção direto ao consumidor. Ainda de acordo com ele, houve uma queda na arrecadação da feira devido a um temporal que atingiu três tendas. “Estamos com dificuldade em reformar essas tendas porque não temos empresa habilitada em Parintins para fazer o serviço, mas a ADS em parceria com a prefeitura conseguiu recurso para a reforma das tendas. Estamos trabalhando para que conseguir devolver as três tendas antes do festival e fechar as cinco do projeto original da praça” informou.

 

 

Seu Jailson Barros, produtor da comunidade do Máximo está mais tranqüilo com a garantia que o secretário deu aos produtores. “Ele assegurou que não vamos sair daqui, que vão organizar o local e colocar a feira em definitivo aqui. Semana que vem o serviço já vai começar o que garante que ninguém saia perdendo”, conclui o feirante.

Radio Online

Video

Cobertura de Eventos

Publicidade