Jornal Gazeta Parintins

Menu

SELETIVA AMAZONENSE DE JIU-JÍTSU ESPORTIVO CONSAGRA CAMPEÕES

postado em 07/06/2015
SELETIVA AMAZONENSE DE JIU-JÍTSU ESPORTIVO CONSAGRA CAMPEÕES

 

Os faixas pretas Fábio Cunha e Claudevan Martins, o “Soneca”, e quatro meninas do “Projeto Nandinho/Cícero Costha” foram consagrados campeões da Seletiva Amazonense de Jiu-Jítsu Esportivo 2015. A competição iniciou ontem, sábado, 6 de junho e termina hoje (7), no ginásio Bergão, no São Jorge, Zona Oeste de Manaus.

 

Fábio Cunha, 36, que é pastor da Comunidade Internacional Igreja de Cristo do Amazonas, levou o título do pesadíssimo, sênior 1. “Fiz duas lutas muito duras. Na primeira, venci por uma vantagem; na segunda, venci por pontos. Agora é voltar aos treinos, melhorar a preparação e pensar na disputa do Campeonato Mundial da CBJJE, que acontece no mês de julho, em São Paulo”, comentou o campeão, que é considerado referência na “arte suave” do Estado.

 

 

No absoluto preta masculino adulto, melhor para Claudevan Martins, o “Soneca”, que faturou um prêmio de R$ 500. O atleta da academia Monteiro reinou na Seletiva Amazonense, deixando a medalha de prata com Bruno Beck (Juarez Harles) e o bronze com Fábio “Gago” Santos (Projeto Nandinho/Cícero Costha).

 

 

MENINAS DO PROJETO NANDINHO BRILHAM NA SELETIVA AMAZONENSE DE JIU-JÍTSU ESPORTIVO

 

 

Atletas do “Projeto Nandinho/Cícero Costha”, lideradas pelo faixa preta Melquisedeque Galvão, brilham na primeira etapa da Seletiva Amazonense de Jiu-Jítsu Esportivo e conquistam quatro medalhas de ouro e uma bronze.

 

A primeira a brilhar foi Samir Galvão, 15. Ela sagrou-se campeã no pesadíssimo faixa azul. Na disputa do médio azul, Evellyn Monte, 16, também ficou com a medalha de ouro. Outra campeã foi Luany Fernandes, 16, pena, faixa azul.


A quarta medalha de ouro da equipe do “Projeto Nandinho/Cícero Costha” foi obtida por Polyanna Souza, 13, que se sagrou campeã na faixa verde leve. A medalha de bronze da equipe foi conquistada pela atleta faixa azul, Brenda Larissa, 16, categoria leve.


O evento é uma realização da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Esportivo (FAJJE), com apoio da Prefeitura de Manaus, Samel Assistência Médica e Kimonos Stocky Fight Wear. Segundo o presidente da Fajje, Luís Neto, a competição reúne um total de 1.200 atletas. Os combates prosseguem até hoje (7) de junho.

 

 

Por Emanuel Mendes Siqueira

Radio Online

Video

Cobertura de Eventos

Publicidade